Você está aqui:

Notícias

Sedpac e Rede Minas lançam campanha pelo Dia da Consciência Negra

26/11/2018

Com o tema “Consciência, Potência e Resistência” a Rede Minas e a Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Participação Social e Cidadania (Sedpac) lançam no mês de novembro campanha pela Consciência Negra.

Entrevistas e demonstrações artísticas compõe a série de pílulas que está sendo exibida pela TV e nas redes sociais da secretaria e da emissora, com o objetivo de provocar reflexão sobre a promoção da igualdade racial no Brasil.

Os depoimentos são de profissionais da saúde, jornalistas, atrizes, professores, filósofos e servidores públicos que analisam o empoderamento de pessoas negras.

A superintendente de Políticas Afirmativas e Articulação Institucional da Subsecretaria de Promoção da Igualdade Racial da Sedpac, Yone Gonzaga, uma das idealizadoras da campanha, explica que o conceito surgiu após análise dos pilares que sustentam a luta.

Para a superintendente é preciso ter “consciência” do sujeito negro que se é. “Precisamos compreender que ser negro não é demérito nem motivo de tristeza para ninguém”, afirma Yone Gonzaga.

Já o termo “potência” dialoga com as juventudes, “que têm trazido para o espaço público uma nova forma de produzir cultura e ciência de forma coletiva”, explica Yone. Enquanto “resistência”, remete à trajetória de lutas e enfrentamento ao racismo. 

          Igualdade Racial

Além dos vídeos curtos, no dia 21 de novembro, às 20h45, a Rede Minas irá veicular o produto final desta campanha, o documentário “Igualdade  Racial - um retrato, um legado”. A obra exibe o processo de busca por direitos e afirmação da população negra.

Logo após a exibição do documentário na Rede Minas, o espectador poderá acessá-lo na página da Sedpac no Facebook.